A comida não é moeda de troca

Toddler crying in high chair

 

Vá lá, confesse… quantas vezes já disse ao seu filho:
«Come a sopa que depois a mãe dá-te um chocolate?» ou «Se comeres o peixe todo, deixo-te ver um episódio do Jake e os Piratas?»
Se estou a falar com uma mãe que tem um bebé ainda pequeno, já sei que está a pensar: «Eu nunca farei isto.» Pois é… mas pela boca morre o peixe. Todas nós achamos que os nossos filhos não vão precisar de ver um tablet para conseguirem comer.
E que serão crianças que se sentam à mesa e se comportam como gentlemen. Acreditamos que vão comer a sopa e a fruta sempre com um sorriso.
Acreditamos piamente em tudo isto até que… somos mães… e eles crescem.
Quando as dificuldades surgem, muitos pais acabam por fazer uma negociação constante com os filhos: «se comeres tudo, tens um doce», «se comeres os brócolos, vamos ao cinema»… O que acontece é que essa negociação vai resolver uma questão pontual. Mas começa a desenvolver um problema – por vezes de grande dimensão – que se alastra a todos os momentos das refeições.

Trackback from your site.

You might also like

Leave a Reply