Artilhar a Despensa e o Frigorífico

0f53372720bed204bee9c65bdeda6880

 

Uma cozinha típica tem uma despensa e um frigorífico abastecidos com alimentos variados e saudáveis e com alguns snacks menos recomendáveis que, de vez em quando, nos apetecem.
Um adulto abre o frigorífico e escolhe o que quer comer não só porque sabe bem mas também porque faz bem. Mas tem a opção de escolher algo que sabe que não faz bem, mas que lhe apetece naquele momento. Nada de errado.
Muitas vezes não fazemos as escolhas certas, mas temos perfeita noção de que efetivamente aquela não é a melhor escolha para a nossa saúde. As crianças ainda não têm este conhecimento e capacidade.

 

 

Vão por isso abrir o frigorífico e sentir-se atraídas pelos alimentos que lhes parecem mais saborosos sem qualquer peso de culpa ou de responsabilidade em cima.
Por isso, é importante prepararmos a cozinha e a despensa para que possamos organizar aquilo que temos à vista dos nossos filhos.
Não estou a dizer para deixarmos de tocar em alimentos que não fazem bem ou que estão cheios de calorias vazias, até porque isso nem tem muita piada. Mas quando, de facto, este tipo de alimentos existe nas nossas casas, então a melhor opção é colocar à vista dos mais pequenos os alimentos mais saudáveis e deixar aqueles petiscos que nós não queremos que eles comam dentro de recipientes e em locais onde não sejam facilmente avistados.
Já sei que a maioria de nós come chocolate às escondidas. Por vezes, a mastigá-lo furiosamente na casa de banho!!
Também não é preciso tanto!
Mas podemos experimentar ter vários petiscos saudáveis em recipientes transparentes que fiquem à vista dos nossos pequeninos.
Ao vê-los constantemente, acabarão por querer experimentar.
Lembrem-se sempre da máxima: «longe da vista, longe da boca». E aplica-se aos crescidos e aos pequeninos.

Trackback from your site.

You might also like

Leave a Reply