O Sono e a Escola

crianca-dormindo-770x430
A National Sleep Foundation (EUA) recomenda que as crianças em idade pré-escolar e escolar devem dormir pelo menos 10 a 11h de sono ininterrupto à noite.

Os diferentes estudos que têm dirigido ao longo dos anos indicam que um sono pouco reparador (com múltiplos despertares noturnos) resulta em problemas de saúde e psicossociais nos nossos pequeninos. Crianças sonolentas na sala de aula são mais impulsivas, têm menor controlo emocional, menor capacidade de compreensão e demoram mais tempo a concretizar tarefas. Além disso, o seu comportamento é bastante afectado pois têm uma muito menor resistência à frustração e a sua interacção com os outros meninos acaba por ser mais conflituosa. Inclusivamente estas crianças chegam a demonstrar diferentes queixas e desconfortos físicos.

É fácil de entender que uma criança sonolenta durante o dia, tal como um adulto, não consegue alcançar o seu potencial máximo.

O sono é essencial para a saúde biológica e psicológica das crianças.

O sono profundo é necessário para reparar o corpo e é indispensável para conseguir-se uma aprendizagem óptima. Sabiam que durante o sono são libertadas hormonas de crescimento e é também enquanto dormimos que se dá a consolidação da memória? E se o sono profundo é essencial para a renovação celular, o sono REM (o sono “leve”, sono de sonho) é necessário para o processamento da memória emocional e essencial para o crescimento e desenvolvimento do sistema nervoso central.

Neurocientistas, neuropediatras e diferentes especialistas internacionais apontam para a importância de uma boa qualidade e higiene de sono nas crianças. Quando os miúdos  não dormem bem apresentam maiores probabilidades de terem problemas de aprendizagem e de concentração e possibilidades aumentadas de risco de depressão, dos níveis de ansiedade, de agressividade e hiperactividade.

A importância do sono não se fica por aqui… (como se fosse pouco!). Os pequeninos que dormem pouco ou mal mostram mais frequentemente sinais de serem crianças menos positivas e optimistas e com baixa auto-estima. Crianças que dormem mal podem ter maiores dificuldades no crescimento e um sistema imunitário mais fragilizado.

Ainda duvidam da importância de uma boa noite de sono?

Se é certo que ainda vamos ouvindo que “se acorda várias vezes de noite com 3 anos é normal”, se demora horas para adormecer “é porque não tem sono”, se precisa de ajuda todas as noites várias vezes por noite para readormecer é porque “é o ritmo da criança”, a verdade é que pela saúde e bem-estar de todos em casa devemos começar a encarar o sono como algo essencial a uma boa vida.

Ensinar os nossos filhos a dormirem bem desde cedo é uma dádiva que persiste para o resto das suas vidas.

Trackback from your site.

You might also like

Leave a Reply