Sobre a TUA cama

rapaz a dormir

 

A tua cama é só tua.

A tua cama é a tua paz. O teu lugar.

Aquele em que adormeces embalado pelas histórias e pelo som da minha voz, depois do cansaço do dia.

Na tua cama sonhas.

Voas.

Imaginas.

Contas baixinho os números quando os começaste a aprender, repetes para ti as palavras novas, soltas risadinhas quando te lembras das coisas divertidas que viveste no teu dia.

A tua cama não é solidão. É um abraço.

Sabes que não é uma prisão porque podes sair dela sempre que quiseres e saltar para a minha.

Sabes também que podes chamar porque eu, mesmo não estando lá fisicamente, estou sempre contigo. E quando precisas, eu apareço.

A tua cama é o teu lugar seguro. Só teu. Onde te agarras ao teu coelhinho e te enroscas para adormecer tranquilamente.

A tua cama é um lugar mágico. Aquele em que descansas, em que te encontras contigo.

 

E quando tantas mães por aí dizem que não é justo que os pequeninos durmam nas suas camas, sozinhos? E quando tantas mães por aí afirmam que o lugar dos filhos é na cama dos pais?

A cama dos pais é mágica. E pode ter propriedades calmantes. Mas um abraço apertado também. Dormir com os pais é uma questão da família e não deve ser imposta por ninguém. Uma das minhas perguntas mais frequentes às famílias que me procuram é “qual é o vosso objectivo? Querem dormir com o vosso filho? Ou querem que ele durma no espaço dele?” pois dependendo da resposta, as estratégias a seguir são, obviamente, diferentes.

Dormir com os pais não tem nada de “mal”. Não é a minha primeira escolha. Mas é uma escolha válida para quem sente que é assim que todos em casa descansam melhor. A grande questão é que para a maioria das famílias que conheço, dormir na cama dos pais é fruto de uma “não-escolha”, de algo que os pais acabam por fazer porque já não sabem como fazer de outra forma. E só deve manter-se se todos (mãe, pai e filho) conseguem descansar e dormir bem com esta opção.

Importa dormir e descansar. Isso sim.

Mas, quem disse que a cama das crianças não pode também ser um lugar mágico? 🙂

Trackback from your site.

You might also like

Leave a Reply